TRATAMENTO Psoríase e Dermatite:
O tratamento suaviza a vermelhidão do couro cabeludo, possui ação cicatrizante e bactericida. Consiste na aplicação de medicamentos específicos para o extermínio dos parasitas sob a forma de shampoos ou loções.
 
​Existe também um tratamento em comprimidos, cuja dose varia de acordo com o peso da pessoa acometida. Ambos os tratamentos devem ser repetidos após 7 dias. Em casos de difícil tratamento, os melhores resultados são obtidos com a associação dos tratamentos oral e local.
 
 
A lavagem da cabeça e utilização de pente fino são importantes para a retirada dos piolhos e lêndeas, que devem ser removidas em sua totalidade, já que os medicamentos muitas vezes não eliminam os ovos. Se as lêndeas não forem retiradas, darão origem a novos piolhos.
 
Para facilitar a remoção das lêndeas, pode ser usada uma mistura de vinagre e água em partes iguais, embebendo os cabelos por meia hora antes de proceder a retirada com a passagem do pente fino ou manualmente, uma a uma.
 
 
Produtos para o Tratamento
 
Blend BT: Contém extratos melaleuca, lavanda, arnica, aloe vera e hortelã. Possui ação bactericida forte, indicado para tratamentos do couro cabeludo com lesão. Normalmente deve-se lavar o cabelo com Shampoo Restaurador (cicatrizante), aplicar o Blend Extratos BT (bactericida) e em seguida a Máscara Restauradora (bacalhau).
 
 
Shampoo Restaurador: Contém extrato melaleuca e arnica. Possui ação cicatrizante. Pode ser utilizado para tratamento do couro cabeludo em conjunto com o Blend BT e a Máscara Restauradora. Para couros cabeludos sensibilizados por coloração ou descoloração que apresentem ardência, coceira, deve-se usar o Shampoo Restaurador e a Máscara Mel ou Mel e Girassol.
 
Máscara Restauradora: Contém óleo de bacalhau, indicada para tratamento do couro cabeludo lesionado por psoríase, dermatites, produtos químicos e outros. Possui elevada ação cicatrizante, não provoca ardência. Pode ser utilizada também em outros locais do corpo que apresentarem lesões (psoríase, dermatites, etc). Normalmente para tratamento de lesões utiliza-se o Shampoo Restaurador (cicatrizante), Blend BT (10 min de ação com enxague) e a Máscara Restauradora (sem enxágue).
 
Máscara Revitalizante: Altamente hidratante. Indicada para cabelos normais ou oleosos. Não reduz o volume do cabelo. Retira odor residual de enxofre e outras químicas em geral.
 
 
​Patologias
 
​PSORÍASE: caracterizada por uma placa rósea brilhante coberta por uma escama prateada. Pode haver escamação focal ou difusa sem quaisquer aspectos especiais; ou pode haver escama semelhante a asbesto em camadas. Alguma eliminação aumentada de pelos telógenos e alguma redução na densidade dos cabelos são comuns nas placas de psoríase. Na psoríase grave do couro cabeludo, massas de escama amontoada formam uma touca que pode estender-se além da margem do cabelo. O ataque inicial da psoríase e recorrência subsequentes pode ser provocado por infecção estreptocócica, e talvez por estresse, mas também pode ocorrer sem nenhuma razão óbvia. Muitas vezes o couro cabeludo permanece constantemente afetado em certo grau durante muitos anos, enquanto as lesões em outros lugares podem vir e ir.
 
DERMATITE: Dermatite atópica, também chamada de eczema endógeno, neurodermite constitucional ou neurodermite disseminada é uma doença atópica, hereditária e não-contagiosa, caracterizada por inflamação crônica da pele.
 
Não há um tipo de lesão cutânea que caracterize os eczemas. Além do rubor, os eczemas podem apresentar vesículas, pápulas, pústulase descamação da pele. O ressecamento da pele é significativo.
 
As lesões podem encontrar-se em diferentes estágios e com distribuição irregular. Os eczemas podem ser úmidos ou secretantes. As lesões são mais frequentemente encontradas na face e couro cabeludo, no pescoço, face interna dos cotovelos, atrás dos joelhos e nas nádegas. Prurido ou coceira, é significativo e ocorre com frequência. A evolução da dermatite atópica, ou eczema endógeno, não é previsível, podendo ser rápida e curta ou crônica, com frequência inconstante de episódios de acutização. Alterações da estrutura da pele e a deficência associada de peptídeos antimicrobiais favorece a colonização por bactérias comoStaphylococcus aureus e leveduras, como Malassezia sp. A sensibilidade a leveduras é característica marcante dos pacientes portadores de dermatite atópica.
 
Há indicações de que os estados emocionais alterados, como tristeza, ansiedade ou angústia, pioram a doença.
 
 
Entre em contato conosco